Membros do Conselho de Administração do CHUCB (da esquerda para a direita): Dr. João Casteleiro, presidente; Dr.ª Sandra Duarte, vogal executiva; Enf.ª Ana Paula Rodrigo, enfermeira diretora; Dr. Vítor Mota, vogal executivo.

Solução inovadora de rastreamento operacional de medicamentos implementada no Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira

O Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira (CHUCB) implementou o projeto CIMTrack@CHUCB, que completa o Circuito Integrado do Medicamento (CIM) através de soluções interativas e digitais de rastreamento e transporte operacional de fármacos, desde os serviços farmacêuticos até à administração do medicamento à cabeceira do doente.

Paulo Fernandes, assistente operacional de farmácia hospitalar a operar a estação central de transporte e tracking de fármacos

A solução consiste num sistema integrado do circuito do medicamento capaz de abranger o transporte rápido e confiável dos produtos farmacêuticos sob gestão da farmácia central para as enfermarias, com a capacidade de registar e monitorizar todos os processos de transporte automatizados.

O CIMtrack@CHUCB é operacionalizado pelos profissionais de saúde do CHUCB, assente no pressuposto de interoperabilidade com os sistemas de informação atualmente implementados, o qual permite a este Centro Hospitalar promover uma transformação dos processos operacionais, incluindo:

  • A desmaterialização de processos, de forma compatível com o projeto SNS sem papel;
  • A prestação de cuidados centrados no doente, evitando desnecessárias movimentações dos profissionais e tempos envolvidos em registos que não acrescentam valor à prestação de cuidados;
  • A melhoria da qualidade dos registos clínicos, passível de comprovação através dos registos das auditorias clínicas;
  • A melhoria da eficácia e eficiência dos cuidados prestados no CHUCB, resultado da redução do tempo envolvido em registos e consequente aumento do tempo envolvido na prestação de cuidados diretos ao doente.

Esta operação foi apoiada pelo Fundo Social Europeu, no âmbito do programa de Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública (SAMA), pelo AAC n.º 02/SAMA2020/2019, com uma taxa de cofinanciamento de 85%, não reembolsáveis.

Custo Total Elegível – 470 372.00 €

Apoio Financeiro da EU – 399 816.20 €

Apoio Financeiro Público Nacional – 70 555.80 €


CHUCB integra sistema para otimizar gestão de medicamentos e melhorar cuidados de saúde

Elementos da equipa do projeto (da esquerda para a direita): Enf.ª Lídia Videira, coordenadora do ensino em enfermagem; Isabel Patrício, técnica de informática; Dr.ª Guida Tracana, coordenadora de logística hospitalar; Dr.ª Olímpia Fonseca, diretora da farmácia; Pedro Figueiredo, coordenador de projetos.

O novo projeto do CHUCB, o SADR, foi pensado para revolucionar a forma como os medicamentos são geridos e dispensados. O projeto traz benefícios significativos, como revisão farmacêutica das prescrições, redução de tempos de administração e melhoria da gestão do inventário, garantindo uma melhor experiência para os pacientes e uma redução dos erros e custos operacionais.

Outro projeto implementado pelo CHUCB no âmbito da transformação e racionalização de processos de trabalho em Farmácia Hospitalar com vista a melhorar a eficiência, a eficácia e a qualidade na prestação de cuidados de saúde aos utentes do CHUCB, com ganhos ao nível da redução de custos de operação e tempos de resposta, foi o SADR (Sistema Automático de Gestão de Dispensa e Reembalamento de Fármacos).

Dispensador de fármacos instalado na Unidade de Cuidados Intensivos.

O elevado consumo de medicamentos verificado em Portugal, numa proporção superior à dos restantes países da União Europeia, constitui um fator de preocupação face às exigências de uma gestão racional dos recursos disponíveis. O SADR incide sobre reengenharia de processos de trabalho no âmbito do circuito do medicamento através da adoção de mecanismos de automação e gestão, designadamente nos que estão relacionados com a dispensa e reembalamento de fármacos, com consequente redução de custos relacionados essencialmente com a diminuição do número de eventos adversos, e do tempo despendido nos processos.

O projeto SADR visa alcançar benefícios em várias fases do processo, como o aumento da segurança do utente, com revisão e validação da prescrição pelo farmacêutico antes da administração e redução de erros de posologia e omissão. Além disso, melhora a qualidade de serviço, diminuindo o tempo até à primeira administração de medicamentos, permitindo ao enfermeiro mais tempo para cuidar do utente e ensinar sobre a respetiva medicação. O SADR também está em conformidade com os padrões da Joint Commission on Accreditation of Healthcare Organization, assegurando a revisão da prescrição pelo farmacêutico e proporcionando acesso controlado aos medicamentos. Contribui para a eficiência na distribuição de medicamentos, melhorando a comunicação e o trabalho de equipa entre enfermeiros e farmacêuticos, além de prevenir o desperdício de tempo em prescrições descontinuadas. O projeto ajuda ainda a gerir custos e proveitos, ao complementar o processo de distribuição, reduzir o risco de medicação errónea, permitir uma melhor gestão do inventário, reduzir os custos associados a reações adversas ao medicamento e melhorar a identificação da medicação administrada para fins de faturação.

Custo Total Elegível – 351 118,35 €

Apoio Financeiro da EU – 298 450,60€

Apoio Financeiro Público Nacional – 52 667,75 €

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...