FCDEF: A mais recente Faculdade da Universidade de Coimbra celebra o seu 31.º aniversário

Tendo completado o seu 31.º aniversário em fevereiro deste mesmo ano, a Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) apresenta-se com Vasco Vaz como Diretor Interino, após o antigo diretor, José Pedro Leitão Ferreira, assumir o lugar de deputado por Castelo Branco na Assembleia da República, pelo Partido Socialista, e Beatriz Gomes e Paulo Nobre como Subdiretores. A FCDEFUC demonstra-se empenhada em formar cada vez mais profissionais de excelência na área das ciências do desporto, nos seus diferentes ciclos de estudo e áreas de intervenção, bem como dedicada em contribuir para melhorar as condições e desempenho dos nossos atletas.

Perspetiva Atual: O Professor Vasco Vaz assumiu o cargo de Diretor Interino após o até então Diretor, José Pedro Leitão Ferreira, assumir o lugar de deputado por Castelo Branco na Assembleia da República, pelo Partido Socialista. Como se preparou para assumir este papel? Era uma coisa que já ambicionava ou esperava?

Vasco Vaz, Diretor Interino da FCDEFUC

Vasco Vaz: Antes de iniciar a resposta à sua questão, gostaria de manifestar a minha gratidão e o prazer enorme de trabalhar na equipa liderada pelo Professor José Pedro Ferreira. Por indicação da Assembleia da Faculdade e homologada pelo Magnífico Reitor, atendendo ao espírito de missão e respeito por todos os elementos que compõem a Faculdade, eu e os meus colegas, Beatriz Gomes e Paulo Nobre, subdiretores, aceitámos dar continuidade e finalizar este mandato. Estou há 31 anos nesta Faculdade, e nos últimos 10 anos estive como Subdiretor, o que facilitou a minha integração neste cargo, dado o conhecimento profundo que possuo, mas não contava que viesse a acontecer desta forma.

PA: No passado dia 22 de fevereiro, a FCDEFUC comemorou o seu 31.º aniversário, pelo que não podemos dizer que é uma instituição antiga, mas é um marco bastante importante. Como foi para si estar no cargo de diretor interino durante esta celebração?

VV: É sempre um momento marcante liderar esta instituição criada a 19 de fevereiro de 1992 e estar com todos, que, no presente momento, apesar das dificuldades e constrangimentos, têm contribuindo para a qualidade e excelência dos serviços que esta Faculdade presta, que são os docentes e funcionários, não esquecendo aqueles que dão alma, os estudantes, que acreditam e vivenciam o dia a dia da sua Faculdade e estão imbuídos do espírito de proximidade, respeito e confiança que é a nossa imagem de marca.

PA: O Professor Paulo Nobre faz parte da equipa de Subdiretores, tendo a componente pedagógica como uma das suas funções. Atendendo a que, no mês passado, foi anunciado que o governo vai antecipar o calendário de candidaturas e colocações no ensino superior, sendo que todo o processo, da primeira à terceira fase de candidaturas, deve iniciar-se a 24 de julho e terminar a 30 de setembro, o que foi necessário alterar a nível do funcionamento e organização das Universidades e Institutos Politécnicos?

Paulo Nobre, Subdiretor da FCDEFUC

Paulo Nobre: Uma antecipação de prazos desta natureza implica uma agilização de processos de candidatura, de matrículas e inscrições de forma que todos os estudantes possam estar inscritos a 2 de outubro, de acordo com o calendário da CNA 2023. Para isso, outras diligências serão antecipadas, nomeadamente a fixação de vagas do regime geral de acesso e dos concursos especiais, para o primeiro trimestre do ano, e, porventura, a existência de alterações no momento dos ciclos de avaliação e de acreditação pela A3ES. As aulas nas instituições de ensino superior poderão, também, ter um início mais antecipado, consoante os prazos definidos pela DGES. A Universidade de Coimbra já aprovou o seu calendário letivo e as aulas têm o seu início no dia 11 de setembro.

PA: De que lado se encontra a direção da FCDEFUC relativamente a esta medida, a favor ou contra? Porquê?

PN: Esta medida foi objeto de discussão pública e importa compreender na prática o seu alcance futuro. A possibilidade de ter, no início de outubro, todos os estudantes matriculados e inscritos permite uma estabilização antecipada das turmas, com vantagens de natureza pedagógica, para o ensino, para a aprendizagem e para o enquadramento dos estudantes, e administrativa, na gestão das turmas teórico-práticas, particularmente relevante para a FCDEFUC, dada a natureza da sua oferta formativa de 1.º Ciclo.

PA: A Professora Beatriz Gomes também faz parte da equipa de Subdiretores e está ligada à oferta formativa e a componente científica. Apesar do atual ano letivo ainda se encontrar praticamente a meio, a preparação do próximo já se encontra em marcha. Quais são as novidades que a FCDEFUC tem reservadas para os novos estudantes? A oferta formativa irá registar alguma alteração?

Beatriz Gomes, Subdiretora da FCDEFUC

Beatriz Gomes: No ano letivo de 2020/2021 entrou em vigor um novo plano de estudos da Licenciatura em Ciências do Desporto, em resultado de um processo de discussão alargado, iniciado em 2018, no sentido da reformulação da oferta formativa da FCDEFUC. O novo plano de estudos da Licenciatura, entre outros aspetos, permitiu aumentar o número de modalidades desportivas a que os estudantes do curso podem aceder com obtenção de Título Profissional de Treinador de Desporto. A restruturação da oferta formativa da FCDEEFUC compreendeu igualmente o 2.º ciclo. Em 2021/2022 foi criado o Mestrado em Treino Desportivo, e no presente ano letivo, 2022/2023, iniciou-se a primeira edição do Mestrado em Exercício e Saúde, com dois ramos, Fisiologia do Exercício e Populações Especiais, a oferta de 2.º ciclo inclui ainda o Mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básicos e Secundários, curso já com muitas edições e que conta, tal como os outros mestrados da FCDEFUC, com uma excelente procura.

A Faculdade oferece também um doutoramento em Ciências do Desporto cujo plano de estudos integra um primeiro ano de programa doutoral, estando totalmente orientado para a investigação nas áreas das Ciências do Desporto, nomeadamente a Atividade Física e Saúde, Educação Física, Necessidades Educativas Especiais – Atividade Física Adaptada e Treino Desportivo. Concluímos por isso, no presente ano letivo, a implementação da restruturação da oferta formativa da FCDEFUC. Ao longo destes últimos anos foram ainda criados cursos não conferentes de grau, nomeadamente em 2020/2021, com a primeira edição do Curso de Especialização Avançada – Pós-Doutoramento em Ciências do Desporto, e no presente ano letivo com a primeira edição do Curso de Especialização em Promoção de Estilos de Vida Ativos e Saudáveis em Territórios de Baixa Densidade, com início no próximo dia 18 de março, em formato B-Learning, com a parte presencial a decorrer na Sertã. A FCDEFUC oferece ainda outros cursos de formação de menor duração que variam de acordo com os interesses do nosso público-alvo, como o Curso de Formação em Revisão Sistemática da Literatura e o Curso de Formação Iniciação à Avaliação Nutricional no Exercício, no presente ano letivo, sendo previsível que no próximo ano possam surgir novas proposta de cursos breves. Para além dos cursos conferentes e não conferentes de grau, a FCDEFUC dinamiza um conjunto de eventos nacionais e internacionais que promovem a divulgação do conhecimento científico produzido e formação contínua dos profissionais da nossa área.

PA: Sabemos que o funcionamento do Laboratório Integrado tem dado grande apoio a Seleções Nacionais de diversas Federações Desportivas e também aos estudantes atletas da Universidade de Coimbra, sendo a Professora Beatriz Gomes um rosto nacional ao nível da Canoagem, como é que a Faculdade promove estas parcerias?

BG: Efetivamente, a Faculdade colabora com diversas Federações Desportivas e também com o Comité Olímpico de Portugal, dando apoio em termos da avaliação e controlo do treino aos nossos atletas de seleções nacionais de diferentes modalidades e escalões, contribuindo para, num trabalho de cooperação com os treinadores e equipas técnicas, melhorar o desempenho dos atletas Nacionais. São aspetos fundamentais nestas parcerias o trabalho de investigação que é realizado na FCDEFUC pelos nossos docentes/investigadores que trazem para o terreno o conhecimento mais atual no âmbito da otimização do rendimento, trabalhando muitas vezes em equipas interdisciplinares que envolvem outras áreas do conhecimento que concorrem para esta otimização. É também fator diferenciador o facto de o Laboratório integrado da FCDEFUC estar equipado com a tecnologia mais atual e avançada em termos da avaliação e controlo do treino nas suas mais diversas áreas, nomeadamente, a fisiologia, a biomecânica, a antropometria e a composição corporal, a imunologia, entre outras. Outro dos aspetos que nos diferencia é o facto deste trabalho de avaliação e controlo do treino ser realizado não só em ambiente laboratorial, mas também com os nossos docentes/investigadores a realizarem este apoio às seleções no terreno, com as avaliações a serem realizadas de forma muito próxima à das competições.

PA: O que torna a FCDEF a melhor opção para quem quer estudar as diversas áreas do desporto?

VV: É a ESCOLHA CERTA e porquê?

A FCDEFUC encontra-se numa das cidades mais bonitas de Portugal, sendo a mais recente unidade orgânica da Universidade de Coimbra, que conta com uma longa tradição académica de mais de 730 anos. A Faculdade tem vindo a construir a sua reputação nacional e internacional sustentada na qualidade do ensino e na excelência da pesquisa desenvolvida, caracterizando-se por ser uma Faculdade dinâmica, cujo objetivo é apoiar e inspirar estudantes e docentes a alcançar todo o seu potencial, como membros de uma comunidade universitária global. A sua missão centra-se na formação de profissionais de excelência na área das ciências do desporto nos diferentes ciclos de estudo, sendo internacionalmente reconhecida pela qualidade da investigação produzida em articulação com o seu Centro de Investigação em Desporto e Atividade Física e em proximidade com outras unidades orgânicas e centros de investigação da Universidade de Coimbra, bem como no apoio e prestação de serviços à comunidade na área do desporto, exercício e saúde, proporcionando a criação de condições privilegiadas para o desenvolvimento de projetos multidisciplinares de investigação, beneficiando da diversidade de especializações, bem como dos recursos materiais e tecnológicos disponíveis. Ao concluírem o 1.º ciclo, os estudantes poderão obter o Título Profissional de Técnico de Exercício Físico, que permite trabalhar em ginásios e outras entidades, bem como o Título Profissional de Treinador de Desporto em diversas modalidades desportivas.

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...