Miguel Castelo-Branco, Presidente da FCS-UBI

FCS-UBI na vanguarda do desenvolvimento da cirurgia robótica em Portugal

Em conversa com a Perspetiva Atual, Miguel Castelo-Branco, atual Presidente da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade da Beira interior, revela as principais características que tornam a FCS-UBI uma instituição de ensino de excelência e explica os motivos que levaram ao investimento na área da cirurgia robótica.

A Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior (FSC-UBI) está a preparar-se para receber o novo ano letivo, que arranca em setembro. Com a nova calendarização das candidaturas ao ensino superior, as instituições de ensino tiveram que se adaptar às novas condições, sem deixar de garantir que todo o processo de integração dos alunos será realizado da melhor forma possível.

Miguel Castelo-Branco, atual Presidente da FCS-UBI, revela que, para além dos normais preparativos para o próximo ano letivo, os cursos que constituem a oferta formativa da faculdade estão, neste momento, a ser alvo de uma avaliação por parte da agência de acreditação do ensino superior, “o que é sempre um momento de reflexão sobre o próprio curso e de identificação de eventuais pontos de melhoria”. A atualização curricular é uma das grandes preocupações da faculdade, uma vez que a área da saúde está em constante evolução. Esta contante verificação e avaliação dos cursos ajuda, também, a garantir que a oferta formativa da faculdade continua a servir as necessidades atuais do mercado de trabalho.

Atualmente, a Faculdade de Ciências da Saúde oferece os cursos de licenciatura em Ciências Biomédicas e Optometria – Ciências da Visão, além dos Mestrados Integrados em Ciências Farmacêuticas e Medicina. Fazem, também, parte da sua oferta formativa os Mestrados em Ciências Biomédicas, Gerontologia e Optometria em Ciências da Visão, bem como os Doutoramentos em Biomedicina, Ciências Farmacêuticas e Medicina.

Adicionalmente, a FCS disponibiliza um conjunto variado de cursos não conferentes de grau, dos quais alguns serão novidade neste novo ano que se aproxima. Estes cursos têm vários públicos-alvo, desde jovens a profissionais já especializados. Alguns destes criados no âmbito do PRR,

Uma das etapas de preparação de um ano letivo é a apresentação da faculdade a potenciais novos alunos. De acordo com o diretor, existem duas características principais que cativam um grande número de alunos. Primeiro, o método de ensino utilizado, com uma “aprendizagem centrada no aluno e metodologias ativas”, e em segundo, a cidade onde a faculdade se localiza. “Cada vez mais jovens preferem uma cidade mais pequena e tranquila, onde se sintam confortáveis e seguros, permitindo também uma vivencia estudantil significativa.”

Relativamente às expectativas para o próximo ano, o Presidente da faculdade afirma serem elevadas. “Temos conseguido ocupar todas as vagas disponíveis nos nossos cursos, o que é um motivo de grande orgulho para toda a comunidade da FCS e o que demonstra que temos conseguido manter um nível de ensino de grande qualidade.”

Robotic Touch

A Universidade da Beira Interior e a Faculdade de Ciências da Saúde têm demonstrado um grande esforço para estar na vanguarda do desenvolvimento de várias áreas ligadas à saúde, como é o caso do ensino e treino cirúrgico. Em abril do ano passado, a FCS realizou, em parceria com a Firstouch Academy, o curso Robotic Touch, um curso de introdução à cirurgia robótica, área que tem vindo a ser bastante desenvolvida em diversos países, mas que ainda se encontra muito no início em Portugal.

“A nossa aposta tem acontecido em áreas de diferenciação e capacitação para aquilo que nós antecipamos que serão, no futuro, áreas de maior significado”, explica Miguel Castelo-Branco. “A cirurgia continua num grande desenvolvimento e acreditamos que a cirurgia robótica vai ser, também, um instrumento adicional cada vez mais difundido e utilizado num maior número de hospitais. Para isso acontecer, a capacitação das equipas é um dos primeiros passos a dar.”

O Robotic Touch foi, também, a primeira atividade oficial do novo CUBI – Centro de Simulação Cirúrgica da Universidade da Beira Interior, após a sua reformulação, realizada no sentido de permitir a abrangência de outras áreas de “interesse para os cirurgiões”.

Outra Perspetiva

Ensino superior da região centro recebe dez milhões de fundos europeus para infraestruturas e equipamentos

No âmbito do Programa Regional do Centro (Centro2030) foi aberto um concurso para serem distribuídos dez milhões de euros de...

Explorando o oceano na região dos Açores

O mar profundo cobre mais de dois terços da superfície da Terra, mas esta vastidão misteriosa e oculta permanece em...

GeoBioTec@UBI explora vários caminhos de investigação na Beira Interior

A unidade de investigação (UI) GeoBiociências, Geotecnologias e Geoengenharias (GeoBioTec) foi criada em 2007 na Universidade de Aveiro, possuindo atualmente...

O Pioneirismo do GRAQ na Química Verde

Imerso na missão de promover a inovação e contribuir para a criação de conhecimento, o Grupo de Reação e Análises...

ESSNorteCVP: O Palco da Saúde, Educação e Inovação

A busca pela excelência na investigação em saúde e formação é a pedra angular da Escola Superior de Saúde do...