A mais recente oferta da Universidade Aberta

A nova Pós-graduação em “Transição e Transformação Digital das Organizações” é a mais recente oferta da Universidade Aberta em parceria com a Microsoft desenvolvida no âmbito do PRR. De acordo com o seu perfil e interesses o estudante pode optar por uma de duas especializações: Liderança e Gestão da Transformação Digital e Transformação Digital Aplicada.

A Transformação Digital tem ganho particular importância com o desenvolvimento e aplicação de tecnologias digitais a serviços e negócios, como a Inteligência Artificial, Big Data ou Business Analytics. As mudanças geradas pela pandemia da Covid-19, apelando a uma melhor preparação profissional, mais digital, face aos desafios emergentes, precipitaram a necessidade de criação de ofertas formativas nesta área.

No novo contexto global torna-se essencial, nas organizações públicas e privadas, compreender o conceito e o impacto da transformação digital.  A não identificação atempada dos vetores de transição e do reconhecimento do seu potencial, no caso de algumas empresas, pode implicar ficarem para trás ou mesmo desaparecerem.

De pouco ou nada serve às empresas e organizações fazerem grandes investimentos na digitalização se, em simultâneo, não for feito um trabalho de formação das estruturas de pessoal. É preciso preparar os colaboradores para esta mudança. Uma mudança que não passa apenas pelo investimento em ferramentas tecnológicas, tem que ser centrada nas pessoas, nas suas relações e nas formas de trabalhar.

Desenvolvida no âmbito do programa “Impulso Adultos” e cofinanciada pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), esta pós-graduação tem como objetivo não só formar os líderes como investir nos colaboradores das organizações. Só desta forma se pode criar e interiorizar a nova atitude digital na cultura das organizações.

A formação propõe-se tornar as organizações mais competitivas, eficientes e inovadoras. Quer-se incentivar a transformação criativa, a alteração na forma de relacionamento dentro e fora da organização e com todo o ecossistema social e económico. A transformação digital é entendida como a visão e os métodos que permitam a uma organização modernizar-se, ser mais eficiente e ágil na resposta aos desafios de uma sociedade em constante mudança. É neste contexto que se integram as oportunidades e capacidades das tecnologias emergentes, de uma forma que transcende a mera digitalização de informação ou processos.

Os conteúdos do curso são desenvolvidos em conjunto entre a Universidade Aberta e a Microsoft, podendo o estudante acumular microcredenciais da Universidade Aberta e certificações da Microsoft Imagine Academy. A certificação académica e científica dos docentes é garantida pela Universidade Aberta, em associação com o conhecimento prático e tecnológico da Microsoft.

Lecionado integralmente online e, maioritariamente, em modelo assíncrono, a pós-graduação segue os parâmetros determinados pelo Modelo Pedagógico Virtual® (MPV) da Universidade Aberta, definido e adotado nesta única instituição pública de ensino superior online. As modalidades de ensino/aprendizagem e de avaliação baseiam-se num ambiente de turma virtual, com interação intensiva entre professor e estudante. O estudante será chamado a trazer desafios e propostas da sua organização tendo como objetivo, ao longo do curso, desenvolver um caminho que lhe permita identificar, planear e desenvolver um plano de transformação digital que permita responder a estes desafios. Na melhor tradição da formação universitária de adultos, esta pós-graduação permitirá desenvolver novas competências que serão diretamente, e durante a formação, aplicáveis ao contexto organizacional.

Nesta pós-graduação a Universidade Aberta oferece os mais recentes conhecimentos necessários à transição e transformação digital de qualquer tipo de organização, em qualquer setor de atividade, incluindo a administração pública, e para todos os tipos de perfis: líderes ou executantes. Esta é a sua porta de entrada na transformação digital.

A Universidade Aberta segue e pratica as recomendações de capacitação por microcredenciais propostas pela Comissão Europeia.

Deixe um comentário

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...