A delegação portuguesa da APNEP na FELANPE no Paraguai 

No coração do Paraguai, a Delegação Portuguesa da APNEP está em destaque na FELANPE, trazendo consigo uma mensagem de esperança na luta contra a malnutrição. Profissionais de saúde de renome reúnem-se para discutir a gestão da malnutrição, compartilhando as suas experiências e pensamentos sobre como otimizar os cuidados nutricionais na comunidade.  

Aníbal Marinho, Presidente da Associação Portuguesa de Nutrição Entérica e Parentérica 

A Semana da Sensibilização para a Malnutrição é uma ação pioneira da campanha ONCA (Optimal Nutritional Care for All) Portugal, promovida pela ENHA (European Nutrition for Health Alliance), com o objetivo comum de sensibilizar os profissionais de saúde, doentes e cuidadores para a gestão da malnutrição, tanto no contexto hospitalar, como nos cuidados de saúde primários e comunidade. Apresenta, ainda, como objetivos secundários, a educação para a identificação e tratamento atempado da malnutrição associada à doença, a educação de doentes/cuidadores para que possam discutir o seu estado nutricional com o seu profissional de saúde e o aumento da sensibilização para o papel da nutrição clínica na recuperação do doente.  

Em Portugal, esta iniciativa conseguiu introduzir a temática da malnutrição na agenda política e social, tendo obtido o apoio institucional do Ministério da Saúde e de diversas sociedades médicas e associações de doentes.  

A 5ª edição da Semana da Sensibilização para a Malnutrição irá decorrer de 6 a 12 de novembro de 2023, com o mote “Otimização dos Cuidados Nutricionais na Comunidade”. No dia 6 de novembro iremos celebrar a Cerimónia Solene no Palácio Nacional de Queluz, com o apoio da Câmara Municipal de Sintra. Na restante semana, iremos dinamizar diversas atividades e ações, com o apoio da Câmara Municipal de Gaia e a Câmara Municipal de Santarém.  

Na mesma semana, e integradas na nossa iniciativa, iremos comemorar a 2ª edição da Semana Europeia (ESPEN Malnutrition Awareness Week), com a ambição de alargar esta comemoração a mais países europeus, assim como o nutritionDay no dia 9 de novembro, uma iniciativa internacional que tem como objetivos aumentar o conhecimento sobre a malnutrição associada à doença e melhorar a qualidade dos cuidados nutricionais nos hospitais, nos cuidados de saúde primários e nas residências de idosos. 

Dra. Ana María Ferreira Heyn, Presidente da FELANPE

En esta semana de la concientización de la desnutrición en Portugal, la Federación Latinoamericana de Terapia Nutricional y Nutrición Clinica y Metabolismo, FELANPE quiere hacer un llamado a todas las personas para luchar contra este flagelo en los hospitales. Históricamente la FELANPE ha realizado la primera Declaración Institucional e Internacional sobre el Derecho a la Nutrición en los Hospitales en el año 2008, en el marco del XI Congreso FELANPE en la ciudad de Cancún, México, con el título de: “Por el derecho humano de los enfermos a recibir una terapia nutricional oportuna y óptima en cualquier lugar donde se encuentren” Once años más tarde, en mayo de 2019 en la ciudad de Cartagena, FELANPE vuelve a realizar la declaración internacional sobre el derecho a la atención nutricional y la lucha contra la malnutrición, constituyéndose ambos documentos en parte de los antecedentes de la Declaración de Viena, realizada en el marco del Congreso Espen 2022: “LA declaración internacional sobre el derecho humano al cuidado nutricional”. De esta manera FELANPE se encuentra muy comprometida con esta lucha.

Joost Wesseling, Diretor Executivo da ONCA

The Optimal Nutritional Care for All (ONCA) campaign, launched in 2014, aims to improve nutritional care and screening for disease-related malnutrition/undernutrition across Europe by translating nutrition science into policy and practice. The campaign supports national professional societies, associations, and patient groups in implementing nutritional risk screening and optimal nutritional care in their countries. The European Nutrition for Health Alliance (ENHA) coordinates the initiative through a Steering Committee comprising representatives from the alliance. In 2020, the ONCA campaign decided to further develop and coordinate scaling up the concept of Malnutrition Awareness Weeks in Europe and increase the number of Malnutrition Awareness Weeks implemented. This collaborative initiative has fostered a dynamic platform for knowledge sharing among several European countries since its launch in 2020, with 14 ONCA countries engaging in the year 2023. Although each week may vary in timing, objective, scope, and program, they collectively share a common goal – to drive the implementation of optimal nutritional care while establishing a solid link with the overarching ONCA campaign. This interconnected network of countries enhances their capacity to address malnutrition-related challenges comprehensively, amplifying the impact of their efforts on improving nutritional care across Europe. The countries participating in the Malnutrition Awareness Weeks benefit from each other’s good practices, strategies, plans, materials, and experience exchange on challenges faced, facilitated by the ONCA campaign platform, powered by the European Nutrition for Health Alliance.

Cátia Inácio, Nutricionista da Misericórdia de Santarém

A Autarquia e a Misericórdia de Santarém no âmbito das suas relações protocolares com foco no bem-estar da Comunidade aceitaram o desafio da APNEP, resultante da participação desta Entidade nas I Jornadas de Saúde organizadas pela Instituição. Foi-nos proposto a organização da “Semana 0 da Malnutrição em Santarém” envolvendo o ACES da Lezíria, Hospital Distrital, Escola S. Saúde de Santarém e Residências de Idosos. O trabalho conjunto de todos contribuirá para a sensibilização da problemática da Malnutrição e promoção da literacia em nutrição, contribuindo para “Otimização dos Cuidados Nutricionais na Comunidade”, mote da 5ª edição da “Semana para a Sensibilização da Malnutrição”, promovida pela APNEP. No dia 7 de novembro iniciamos a mobilização da Comunidade através de um evento no Convento de S. Francisco com a participação de especialistas nacionais e internacionais, com palestras para profissionais de saúde, participação no NutritionDay, avaliação do estado nutricional em ERPI’s, e uma Masterclass de Treino Funcional para um Envelhecimento Ativo. Para encerrar a semana a “Caminhada: um passo para o combate da Malnutrição”. Santarém quer ser uma das promotoras da divulgação desta problemática na Comunidade, e ser impulsionadora deste movimento noutras cidades, para que a identificação, o tratamento e a prevenção da Malnutrição passe a ser uma realidade constante.

Dário Silva, Vereador da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia

A malnutrição tende a constituir-se como um sério problema de saúde pública, particularmente em faixas etárias mais avançadas. Existe uma relação estreita entre a desnutrição no idoso e um pior prognóstico, nomeadamente no que diz respeito ao aumento das infeções, perda de massa muscular, perda de autonomia, aumento dos períodos e da duração dos internamentos, aumento do tempo de recuperação em episódios de doença aguda, diminuição da qualidade de vida e aumento da mortalidade precoce. Apesar de ser uma condição de extrema gravidade, a desnutrição é subestimada, justificando-se habitualmente a debilidade, a fragilidade, a morbilidade e a mortalidade (precoce) como processos normais associados ao envelhecimento. O alheamento deste fenómeno traduz-se num aumento de custos relacionados com os tratamentos prestados pelo Serviço Nacional de Saúde, pelas estruturas de apoio municipais, pelas famílias e pelas estruturas residenciais para idosos que os acolhem. Neste sentido, a identificação precoce do risco nutricional deve ser incluída na definição e implementação das políticas de saúde municipais, devendo chegar a todas os munícipes e, em particular, aos mais idosos. Nesta ação, é fundamental o envolvimento de todos os agentes da comunidade, bem como um efetivo trabalho em rede com os diferentes organismos intramunicipais e intermunicipais. Em Vila Nova de Gaia, esta problemática tem sido considerada há anos, envolvendo um crescente número de entidades concelhias e contando com a preciosa colaboração da APNEP e, em particular, com todo o trabalho desenvolvido pelo Dr. Aníbal Marinho.

Deixe um comentário

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...