Associação de Enfermagem Oncológica Portuguesa (AEOP): 17 anos a Inovarem Oncologia

Nascida em 2007, a Associação de Enfermagem Oncológica Portuguesa tem-se dedicado à construção, uniformização e atualização de conhecimento junto dos enfermeiros oncologistas e tem sido um agregador de profissionais nesta área, com um crescimento sólido e cuja atividade se tem centrado na evolução científica dos seus profissionais.

 Num universo profissional de mais de 4000 enfermeiros oncologistas distribuídos pelos diferentes centros/unidades de oncologia, de norte a sul do país e ilhas, do setor publico e privado, a associação conta com mais de 1200 enfermeiros inscritos como membros. A sua atividade centra-se na construção e validação do conhecimento científico em oncologia, através dos seus Grupos de Trabalhos em áreas especificas como: Grupo de Trabalho na área da OncoRadioterapia, na OncoCirurgia, nas Terapêuticas Antineoplásicas Sistémicas e nos Cuidados de Suporte e Paliativos. O trabalho desenvolvido pelos peritos das diferentes áreas que integram estes grupos permitiram a construção e publicação de documentos considerados estruturantes e de referência para as boas práticas dos enfermeiros oncologistas em Portugal.

Inovamos na publicação de documentos de consensos nas diferentes áreas do saber prático; estivemos na génese da construção e da discussão das Competências Acrescidas em Oncologia, publicadas pela Ordem dos Enfermeiros e, que consideramos um marco importante para o desenvolvimento desta especialidade, uma área de competências que permite, aos enfermeiros que trabalham em oncologia, um reconhecimento específico.

Apostando na formação continua dos enfermeiros oncologistas, criámos um espaço formativo online (Oncoschool) onde se realizaram vários cursos no âmbito da oncologia e da enfermagem oncológica, bem como webinares de temas oncológicos transversais e específicos.

A parceria que temos com outras sociedades científicas nacionais permite-nos estar integrados na discussão dos temas inovadores e estruturantes da nossa sociedade, no que à oncologia diz respeito.

Temos representação na Sociedade Europeia de Enfermagem Oncológica, contribuído de uma forma mais ativa e próxima para a discussão das políticas europeias de Oncologia.

Anualmente organizamos a nossa conferência Nacional e Internacional com o foco na inovação, como catalisador de melhores resultados em Oncologia; Geramos valor e diferenciação ao implementar projetos educacionais dirigidos aos nossos profissionais e, em algumas vertentes, incluímos o doente oncológico e as suas diferentes associações. Criámos uma Revista Científica – Onco.news – a única revista indexada na área da Enfermagem Oncológica tendo já publicado 48 números e mais de 240 artigos, com expressão do que melhor se investiga e se produz em termos de ciência.

São 17 anos a Crescer, a Inovar, a Produzir conhecimento, a agregar os profissionais da área, a juntar os diferentes Stakeholders através do desenvolvimento de parcerias educacionais, a agregar as associações de doentes e da sociedade civil que trabalham em prol da otimização da jornada do doente e do sobrevivente…. Crescemos com o desenvolvimento da oncologia, dos seus tratamentos e da capacitação da população para melhor viverem e sobreviverem com esta patologia… Inovamos com o desenvolvimento de conteúdos tecnológicos de maior aproximação com os nossos membros e todos os que se queiram juntar a esta organização….

Com 17 anos vividos, reconhecemos que a oncologia evoluiu, a nossa forma de abordar o Cancro e de o Viver é diferente, controlamos mais e melhor esta doença, estamos a caminhar para uma maior diferenciação dos seus profissionais… É neste caminho que a Associação se quer manter, através das suas propostas e no planeamento da sua atividade, direcionada para o futuro do desenvolvimento da oncologia. Continuamos a acreditar que profissionais mais capacitados e envolvidos produzem mais ciência, implementam melhor as suas práticas, são mais humanos e próximos das necessidades da nossa população e dos nossos doentes. Este é o nosso desígnio para os próximos 17 anos….

Para 2024/2025, a AEOP dedicar-se-á a desenvolver e a promover as melhores práticas, desde o diagnóstico ao tratamento oncológico e acompanhamento do doente/cuidador, ao longo da sua jornada terapêutica. Queremos ajudar a ampliar o acesso aos avanços no tratamento, com o intuito de melhorar o controle do cancro em Portugal e impactar positivamente na qualidade de vida na pessoa com doença oncológica.

Para quem nos quiser conhecer e se informar da nossa atividade, estamos em www.aeop.pt

AEOP 17: Próxima Conferência Nacional em Maio no Centro do país

É já dos dias 23 a 25 maio que teremos a 17ª Conferência Nacional/ III Conferência Internacional de Enfermagem Oncológica. Este ano a decorrer no centro do país, especificamente na linda cidade da Figueira da Foz. Contamos com mais de 300 colegas vindos dos diferentes centros de oncologia nacional, do setor publico e privado, onde teremos áreas em discussão que são transversais à comunidade cientifica da oncologia, destacando-se: Patient-Reported Outcomes (PROS), Patient-Reported Experiences (PRES), Enfermeiro Gestor de Caso vs Nurse Navigator: Vantagens e desvantagens e as OncoCast: Conversas sobre Cancro… Teremos discussão e apresentação de trabalhos produzidos pelos Enfermeiros que espelham a evolução do conhecimento nesta área. A sessão de abertura e de encerramento são sempre duas conferências que marcam a inovação e qualidade do evento. É um momento de encontros de saberes, de pessoas para pessoas, de profissionais com os diferentes Stakeholders que habitualmente estão presentes, é o contacto com diferentes associações de doentes e da sociedade civil, é aqui que encontramos a nossa identidade…

Redes Sociais: a Aposta da AEOP

O nosso mundo está num processo de transformação estrutural há aproximadamente duas décadas. É um processo multidimensional associado à emergência de um novo paradigma tecnológico, baseado nas tecnologias de comunicação e de informação, e que se difundiram de forma desigual por todo o mundo.

Sabemos que a tecnologia não determina a sociedade: é a sociedade que determina os parâmetros comportamentais. A sociedade é que dá forma à tecnologia de acordo com as necessidades, valores e interesses das pessoas que as utilizam. Além disso, as tecnologias de comunicação e informação são particularmente sensíveis aos efeitos dos usos sociais da própria tecnologia.

Hoje, a sociedade e as organizações necessitam de disponibilizar os seus produtos de uma forma rápida, de fácil acesso e com uma imagem capaz de cativar os seus públicos.

Fruto desta evolução, a AEOP desenvolve conteúdos de informação e de divulgação da sua atividade, recorrendo às plataformas de LinkedIn e de Facebook, entre outros. Esta forma de comunicar tem-nos permitido ir mais longe e o acesso a um contacto mais rápido e personalizado com todos aqueles que nos procuram. Tem permitido um incremento na divulgação e na criação de mais valor com as atividades dos Grupos Específicos de trabalho.

Aliamos a tecnologia ao nosso crescimento e á nossa presença na comunidade científica nacional e internacional. Sabemos o que queremos e para onde queremos ir!

Deixe um comentário

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...