Começou a 1.ª fase de candidaturas ao Ensino Superior

A candidatura ao ensino superior público é realizada anualmente através de um concurso nacional organizado pela Direção-Geral do Ensino Superior. O concurso é dividido em três fases, seguindo um calendário previamente aprovado.

Neste ano, a primeira fase do concurso nacional apresenta um total de 54.311 vagas. Este valor representa um aumento de 275 vagas em relação ao inicialmente anunciado e mais 671 vagas do que no ano anterior.

As candidaturas à 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior têm início hoje, 24 de julho, e terminam a 7 de agosto. No caso dos candidatos ao contingente prioritário para emigrantes, familiares que com eles residam e lusodescendentes, bem como candidatos com pedido de substituição de provas de ingresso por exames estrangeiros, as candidaturas encerram a 31 de julho. Os resultados da 1.ª fase serão divulgados a 26 de agosto, duas semanas mais cedo do que o habitual.

Já para a 2.ª fase, as candidaturas decorrem entre 28 de agosto e 5 de setembro, com os resultados sendo divulgados a 17 de setembro. A 3.ª fase terá um prazo de candidaturas entre 22 e 25 de setembro.

Os candidatos poderão concorrer a um máximo de seis pares instituição/curso durante o concurso nacional de acesso ao ensino superior público.

Entre os cursos que tiveram médias mais altas no ano passado, destaca-se o curso de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, cuja última colocação possui uma média de 18,9 valores. Além disso, encontram-se na lista cursos como quatro engenharias, Matemática Aplicada e Computação e Arquitetura.

Por outro lado, as instituições de ensino superior da Madeira, Instituto Politécnico de Bragança e Instituto Politécnico de Portalegre apresentam as médias mais baixas, com os últimos colocados partilhando uma nota de 9,5 valores. A maioria dos cursos com média mais baixa está localizada em regiões do interior do país.

Deixe um comentário

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...