A revolução tecnológica e a evolução das técnicas cirúrgicas no campo da medicina dentária

A medicina dentária tem evoluído a passos largos, destacando-se a influência significativa da medicina dentária digital. Em entrevista exclusiva, o Doutor Abílio Pinha de Almeida, reconhecido profissional na área e diretor clínico da Projetamos Sorrisos, partilha as suas perspetivas sobre a transformação do campo ao longo da sua carreira.

Projetamos Sorrisos

A Clínica Médico Dentária Projetamos Sorrisos, como a conhecemos hoje, nasceu pelas mãos do visionário Doutor Abílio Pinha de Almeida, que após adquirir o consultório de uma das clínicas mais antigas do Porto dedicou-se à sua remodelação e expansão, transformando o espaço num local acolhedor, onde os pacientes se sentissem bem recebidos. Atualmente, com duas salas de atendimento, um centro cirúrgico e uma sala de estar voltada para o conforto dos pacientes, a clínica destaca-se não pela sua dimensão, mas pela qualidade do atendimento.

Com uma equipa pequena, mas de alta competência, e tecnologia de ponta, a missão primordial da clínica é, tal como o nome indica, projetar sorrisos, através de uma prática humanizada e multidisciplinar. “Um sorriso é sinónimo de saúde física e mental, essencial para o bem-estar dos nossos paciente.”

Quando questionado se o sucesso de tantos anos da clínica se deve a mérito próprio, Abílio Pinha de Almeida é rápido a rebater: “Eu tenho a visão do projeto, mas nós somos uma equipa, trabalhamos multidisciplinarmente. Eu dependo dos meus médicos e funcionários, tal como eles dependem de mim. Esta equipa já me acompanha há muitos anos e eu confio muito nas capacidades de todos.”

Medicina Dentária Digital

A revolução tecnológica e a evolução das técnicas cirúrgicas permitiram procedimentos menos invasivos, transformando a experiência do paciente. Abílio Pinha de Almeida destaca que, devido à precariedade tecnológica no passado, Portugal registava um elevado número de ausências dentárias. Contudo, a utilização de software de medicina dentária digital possibilita, agora, um planeamento avançado e inverso, permitindo antever o resultado final do tratamento. “Consigo fazer o chamado ‘planeamento reverso’, em que vejo o paciente, que tem que ser submetido a alguns exames, e através do software já conseguimos prever onde é que vamos colocar os implantes, como é que vão ser as coroas, a altura, a dimensão, etc., o que não podíamos fazer antigamente”, explica o médico dentista.

O uso de novas tecnologias no diagnóstico e no planeamento de tratamentos destaca-se como um diferencial crucial entre a medicina dentária tradicional e a praticada na era digital. “O segredo está no diagnóstico e no plano de tratamento. Temos que avaliar muito bem cada situação individualmente e é aí que o fluxo digital faz toda a diferença,” defende o diretor clínico. Uma das tecnologias revolucionárias mencionadas pelo médico é o scanner integral. “Através de um scanner nós conseguimos falar com o Técnico de Prótese e enviar a moldagem. A limpeza é muito mais rápida, muito mais eficiente. Assim, já não necessitamos de utilizar gesso ou silicone.” Segundo Abílio Pinha de Almeida, a ausência de moldes tradicionais, substituídos por scanners integrais, torna o processo mais fiável e confortável para os pacientes. “Para o paciente já não dá aquele desconforto dos vómitos, sempre que se vai fazer uma moldagem. É vantajoso para todas as partes.”

O médico destaca ainda a rapidez do procedimento, sublinhando que “é muito mais rápido, mais preciso, e muito mais processável também.” A nível radiográfico também existem alterações. “Enquanto antigamente tínhamos que fazer cálculos e medições com réguas, agora temos logo a radiografia e podemos manipular e mensurar tudo o que precisarmos.”

O futuro da medicina dentária Quando questionado sobre o futuro da medicina dentária em geral, Abílio Pinha de Almeida demonstra entusiasmo quanto às inovações, mencionando a possibilidade de regeneração de dentes através de células. “À partida serão células que vão originar dentes. Agora não sei se é a curto prazo ou se ainda vai demorar mais um tempinho, mas será o próximo grande passo da medicina dentária.”

A carreira de Abílio Pinha de Almeida

Com um extenso currículo académico, Abílio Pinha de Almeida trilhou caminhos que abriram portas significativas para a sua carreira. Após concluir a sua primeira pós-graduação em Ciência Médico Legais no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, teve a oportunidade de aprimorar os seus conhecimentos ao lado do Professor Pinto da Costa. Posteriormente, um estágio hospitalar no Instituto Português de Oncologia (IPO), inicialmente previsto para seis meses, estendeu-se por cinco anos, alimentando a sua paixão pela cirurgia oral enquanto colaborava com cirurgiões estomatologistas. Determinado a expandir horizontes, o Doutor Abílio Pinha de Almeida partiu para Toulouse, concluindo o Certificado Universitário em Cirurgia Oral e Medicina Legal, passando depois pela Universidade de Gotemburgo, em Barcelona. A sua formação, que insiste em nunca considerar concluída, preparou o terreno para uma oportunidade única: a aquisição do consultório de uma das clínicas mais antigas do Porto e a criação da Clínica Médico Dentária Projetamos Sorrisos.

Deixe um comentário

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...