ULSETejo, que integra o Hospital de Vila Franca de Xira e Aces Estuário do Tejo, cria novos departamentos para organizar os Cuidados de Saúde Primários

O Hospital de Vila Franca de Xira e o ACES Estuário do Tejo integram, desde 1 de janeiro de 2024, a Unidade Local de Saúde do Estuário do Tejo. A ULS do Estuário do Tejo (ULSETejo) tem como missão garantir à população dos concelhos de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Benavente e Vila Franca de Xira o acesso a serviços de saúde de qualidade, de forma equitativa, personalizada, oportuna e próxima.

Unidade de Mama integra toda a área do tratamento cirúrgico da patologia da mama

A Unidade de Mama do Hospital de Vila Franca de Xira, Unidade Hospitalar da ULSETejo, é um espaço dedicado ao tratamento cirúrgico da mama e está em pleno funcionamento desde 20 de dezembro de 2022. No primeiro ano de funcionamento foram realizadas mais de 2.500 consultas e quase 300 cirurgias.

No piso 7 do Hospital de Vila Franca de Xira, EPE, a Unidade de Mama integra todas as fases do processo da doença: consulta, tratamento, cirurgia, internamento e pós-operatório.

A unidade de Mama é um espaço que privilegia a proximidade ao utente, a privacidade e o conforto de quem sofre desta patologia. É uma porta sempre aberta e direta entre utentes e equipas de profissionais de saúde dedicados à cirurgia mamária.  Uma mais-valia reconhecida quer pelos doentes, quer pelos profissionais.

Luís Ramos, diretor da Unidade de Mama, explica a criação desta Unidade: “A constituição desta Unidade é a concretização de um sonho antigo. A Unidade de Mama integra a consulta externa, isto é, temos uma consulta aberta que possibilita avaliarmos a pessoa no próprio dia, pela sua dúvida de uma lesão que pode ser ou não tumoral. Temos a hipótese de ter os doentes internados que foram operados desta patologia e temos ainda o seguimento destes doentes, quer na consulta, quer nos tratamentos com uma equipa de enfermeiros dedicada. Isto quer dizer que conseguimos unir toda esta área do tratamento cirúrgico da patologia mamária.”

 O objetivo, agora que a equipa está reforçada com mais especialistas, é aumentar a capacidade de referenciação e apostar na formação de novos médicos, quer de outras especialidades, quer provenientes de outros Hospitais.

ULS Estuário do Tejo cria departamentos para cuidados de saúde primários

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Estuário do Tejo, EPE, criou três Departamentos da Área Assistencial dos Cuidados de Saúde Primários. O Departamento para a Promoção da Saúde e Intervenção Comunitária na Doença, o Departamento das Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados e o Departamento das Unidades de Saúde Familiar.

Esta renovação estrutural segue a mesma linha orgânica que a ULSETejo realizou para os Departamentos Assistenciais de Cuidados Hospitalares, considerando o Conselho de Administração que a área de Cuidados de Saúde Primários deve evoluir para estruturas departamentais, mantendo-se, assim, os mesmos termos: a coerência e a sua relevância.

Esta organização permitirá alavancar os cuidados de saúde primários e recolocá-los no centro dos esforços para melhorar a saúde e o bem-estar das populações. Ao Departamento “Promoção da Saúde e Intervenção Comunitária da Doença” competirá, entre outras, promover a Saúde, prevenir a doença e prolongar a vida saudável da população da área de influência desta Unidade Local de Saúde, atuando na preparação e resposta a emergências de saúde pública. No âmbito da prevenção e promoção da saúde, pretende-se criar e desenvolver projetos inovadores com visibilidade na população.

O Departamento das “Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados” terá como principal função o acompanhamento e desenvolvimento organizativo das Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados, prestando cuidados personalizados, garantindo a acessibilidade, a continuidade e a globalidade dos mesmos.

O Departamento das “Unidades de Saúde Familiar” tem como principal função apoiar, acompanhar e desenvolver as Unidades de Saúde Familiar, prestando cuidados personalizados, garantindo a acessibilidade, a continuidade e a globalidade dos mesmos.

ORTOPEDIA REALIZA CIRURGIA COM TÉCNICA DE NAVEGAÇÃO

O Serviço de Ortopedia realizou, pela primeira vez, uma cirurgia ao ombro utilizando a técnica de navegação. Uma inovação que tem por objetivo último a melhoria de cuidados prestados aos doentes. Com esta técnica os implantes são colocados com maior precisão no ombro do doente. Jorge Teixeira Ramos, Ortopedista, destaca a técnica utilizada e os benefícios que esta aporta quer para os profissionais de saúde quer para os utentes. “Com esta técnica temos a vantagem de conseguir perceber em tempo real o sítio em que nós estamos e isso permite-nos colocar os implantes na posição de planeamos previamente, com maior exatidão do que não tendo recurso a esta navegação”.

“(…) o utente tem o conforto de realizar o exame na sua unidade de referência geográfica, evitando deslocações a outras unidades hospitalares.”

“Quanto melhores posicionados ficarem os implantes mais garantias podemos dar aos doentes dos resultados funcionais que vão obter com a prótese”, explica o ortopedista Jorge Teixeira Ramos. Acácio Ramos, Coordenador do Conselho de Gestão do Centro de Responsabilidade Integrado do Serviço de Ortopedia frisa a mais valia da prática de técnicas inovadoras que diferenciam o Serviço e contribuem para a melhoria da prestação de cuidados aos utentes. “Qualquer Serviço Clínico, em especial os cirúrgicos, anseiam por trazer inovação e melhorar as técnicas cirúrgicas que introduzem, porque o que se pretende com as inovações é que promovam a melhoria dos cuidados aos doentes”, conclui Acácio Ramos.

Formação de Cuidadores informais e formais

A ULSETejo está a realizar uma nova edição do curso formativo “Capacitação do Cuidador – Formação de Cuidadores Informais e Formais”.

Uma formação gratuita, destinada a cuidadores informais, que têm a seu cargo pessoas dependentes e a cuidadores formais que desempenham funções em instituições de apoio a pessoas idosas e/ou dependentes.

Esta formação tem como objetivos:

  • Desenvolver competências para cuidar da pessoa com vários níveis de dependência, promovendo a sua autonomia e prevenindo complicações no domicílio e/ou nas instituições;
  • Dar a conhecer os direitos da pessoa com dependência e incrementar o conhecimento sobre os apoios sociais disponíveis;
  • Promover o cuidado do cuidador, desenvolvendo habilidades que permitam prevenir a sua exaustão.

Angiotac – diferenciação tecnológica

Desde janeiro de 2024 que se realizam exames AngioTAC cardíacos, no Hospital de Vila Franca de Xira, Unidade Hospitalar da ULSETejo.

Trata-se de mais um passo na diferenciação de diagnóstico da patologia cardíaca que facilita a avaliação da anatomia da árvore coronária, permitindo verificar a existência ou não de doença obstrutiva.

Este exame usa a mais recente tecnologia de Tomografia Axial Computorizada, com múltiplas colunas de detetores, de última geração, com imagens a alta velocidade, que permitem “frisar” o movimento do coração ao bater e, desta forma, obter imagens detalhadas das artérias coronárias e estruturas cardíacas com alta definição.

“Nós passamos de zero horas por semana para sessenta, em Samora Correia, e temos o compromisso de instalar um gabinete de Saúde Oral no Centro de Saúde em Benavente”

Carlos Andrade Costa

Esta diferenciação só é possível pela aquisição do novo equipamento de TAC, em funcionamento desde 2023, que permite novas potencialidades na área do diagnóstico, complementado com reforço tecnológico. Com esta nova técnica de diagnóstico o utente tem o conforto de realizar o exame na sua unidade de referência geográfica, evitando deslocações a outras unidades hospitalares.

Cuidados de Saúde Primários – Mais consultas, mais acesso

No primeiro trimestre de criação da ULSETejo foi possível implementar três projetos pilotos, que permitiram aumentar o acesso a cuidados de saúde primários.

Na Unidade de Saúde de Vila Franca de Xira, decorrem Consultas para Utentes sem Médico de Família, das 18h00 às 22h00 às segundas, terças, quintas e sextas e consultas das 8h00 às 20h00 às quartas, sábados e domingos. Na Unidade de Póvoa de Santa Iria, terminou a fila para marcação de consulta de Atendimento Complementar, passando a referenciação para o SNS 24, através do 808242424

No Forte da Casa foi iniciado um sistema de Vídeo consultas, que dá resposta a utentes sem médico de família e que podem solicitar consulta quer para marcação de exames, quer para solicitar receituário ou baixas médicas, entre outras.

Reforço Da Saúde Oral cresce mais 175 horas semanais na ULS Estuário do Tejo

 O Diretor Clínico para os cuidados de saúde primários destacou a forte aposta na promoção da Saúde Oral, frisando que “temos mais horas alocadas ao que já tínhamos anteriormente em todos os cinco concelhos da ULS”. 

Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração da ULS Estuário do Tejo, sublinhou o arranque deste projeto em Samora Correia, que permite aumentar em 175 horas o número de horas médicas destinadas à Saúde Oral.

Para além desta unidade em Samora Correia, está previsto a implementação de um gabinete de Saúde Oral em Benavente e, ainda, em Póvoa de Santa Iria e Alverca, para dar resposta aos utentes do Concelho de Vila Franca de Xira. “Nós passamos de zero horas por semana para sessenta, em Samora Correia, e temos o compromisso de instalar um gabinete de Saúde Oral no Centro de Saúde em Benavente”, afirmou o presidente do Conselho de Administração da ULSTejo.

Carlos Andrade Costa sublinhou, ainda, o ganho de horas médicas para a Saúde Oral: “Existiu um trabalho muito articulado com a direção clínica, mas também com outros serviços de apoio logístico e administrativo. Este crescimento, em número de horas médicas em Saúde Oral, é muito significativo, pois, por exemplo, Alenquer passa de zero horas para 40 horas semanais, Arruda passa para mais 20 horas por semana e Azambuja passa para mais 55 horas semanais”, disse, reforçando o impacto deste crescimento da Saúde Oral na ULS Estuário do Tejo. “Esta é uma aposta muito clara, é uma aposta que nós queremos ganhar”, concluiu.

Deixe um comentário

Outra Perspetiva

Tradição aliada à Inovação nas Línguas, Literaturas e Culturas

O Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas (DLLC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, reconhecido pela sua tradição...

Ciências do Desporto e Educação Física apostam na Investigação

A nova direção da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) completou um ano...

Inovação e Excelência, um retrato do Departamento de Química

Em entrevista, Artur Valente, diretor do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (DQUC) explica como os cursos pioneiros da...

Ensino de Vanguarda na Engenharia Mecânica

Disponibilizar uma oferta formativa universal, que seja capaz de tornar os alunos uma referência além-fronteiras, e continuar na linha da...

Um ensino de excelência da Engenharia Química

Formar as futuras gerações de Engenheiros Químicos com uma sólida e abrangente capacidade técnica e com aptidões interpessoais desenvolvidas é...